Prass, Fábio, Jean, Magrão e Vanderlei na disputa por melhor defesa. Vote!

20170520175949924_3

Não é nenhum absurdo dizer que os goleiros foram os protagonistas da rodada do fim de semana. Vários se destacaram com defesas em sequência e evitaram resultados negativos ou frustrações ainda maiores de suas equipes. Com tantos lances sensacionais, ficou difícil escolher cinco para a enquete do "É Gol!!!". Agora, quem escolhe o "vilão" da rodada é o público. Os nomes na disputa são Jean (Bahia); Vanderlei (Santos); Fábio (Cruzeiro); Magrão (Sport) e Fernando Prass (Palmeiras).

+ Clique e escolha a melhor defesa

O primeiro candidato da enquete é Jean, do Bahia. O goleiro do Tricolor viu sua equipe perder por 2 a 1 para o Vasco, mas evitou um placar ainda maior. Duas defesas em especial chamaram atenção: a primeira veio em finalização de Luís Fabiano, que recebeu bom cruzamento de Kelvin na pequena área e fez tudo certo, mas não contava com o reflexo do arqueiro para defender. O outro lance veio dos pés de Kelvin, que recebeu bola de Mateus Vital, ajeitou e bateu para o gol, mas Jean saiu em cima do atacante para, novamente, mandar para escanteio.

Vanderlei fez de tudo na partida contra o Coxa e está na enquete (Foto: Lucas Baptista/Futura Press)

Na vitória por 1 a 0 do Santos contra o Coritiba, o grande destaque da partida foi Vanderlei. O goleiro fez grandes defesas: primeiro, Kléber recebeu bola dentro da pequena área e bateu para o gol, mas o arqueiro fez uma defesaça. No fim do jogo, Alecsandro sofreu pênalti e bateu, mas o Coxa não passou do goleiro, que voou no canto direito para pegar.

Na Ilha do Retiro, Sport e Cruzeiro empataram por 1 a 1. Nada mais justo: os dois goleiros mandaram muito bem e evitaram que suas equipes levassem mais gols. Pelo lado da Raposa, Fábio fez duas grandes defesas após lances de cruzamento que levaram muito perigo e exigiram reflexo. Por outro lado, Magrão salvou o Sport em finalização de fora da área de Hudson, que tinha endereço certo e só não entrou pela elasticidade do veterano goleiro.

Quem fecha a votação é o goleiro Fernando Prass, do Palmeiras. Apesar da derrota por 1 a 0 para a Chapecoense, o arqueiro alviverde evitou outro gol da equipe de Chapecó. O venezuelano Seijas cobrou escanteio, Luiz Otávio subiu e Prass espalmou quase em cima da linha.

Fonte: http://globoesporte.globo.com