Melgar avança mesmo com derrota e vai para o grupo do Palmeiras

O Palmeiras conheceu mais um adversário da fase de grupos da Copa Libertadores na noite desta terça-feira. Trata-se do peruano Melgar, que perdeu por 2 a 1 para o Caracas, na Venezuela, pelo jogo de volta da terceira fase preliminar da competição continental.

O Melgar se classificou graças ao critério do gol fora de casa, uma vez que havia vencido o jogo de ida, em Arequipa, por 2 a 0. O Caracas levava a decisão para os pênaltis até os 44 minutos do segundo tempo, quando o centroavante Bernardo Cuesta balançou as redes venezuelanas.

Em termos de logística, o Palmeiras pode comemorar a classificação do Melgar, já que uma viagem para a capital venezuelana seria muito mais desgastante – Caracas fica a mais de 6 mil km de São Paulo, cerca de 2.700 km mais longe do que Arequipa.

A primeira rodada do Grupo F acontece já na semana que vem. O Melgar visita o argentino San Lorenzo na próxima terça-feira, às 19h15 (de Brasília). No dia seguinte, às 21h30, o Verdão encara o Junior Barranquilla, na Colômbia.

Com um gol nos acréscimos, o Melgar se classificou à fase de grupos da Libertadores (Foto: Ronaldo Schemidt/AFP)

O primeiro tempo foi de um time só. Desde o primeiro minuto, o Caracas foi o único a criar chances de gol. A começar por Carlos Espinoza, que recebeu lançamento e saiu na cara do goleiro. O centroavante, porém, pegou mal na bola e mandou por cima do gol.

Pouco depois, após cobrança de escanteio, a bola ficou “viva” na pequena área, mas a zaga tirou em cima da linha. Aos 30 minutos, em boa jogada que começou na esquerda, a bola atravessou a área do Melgar e encontrou Eduardo Ferreira livre de marcação. O lateral bateu cruzado e tirou tinta da trave.

De tanto insistir, o time venezuelano enfim abriu o placar. Aos 45, Ferreira recebeu na direita da área e bateu cruzado. O chute rasteiro não saiu forte, mas o goleiro peruano Carlos Caceda aceitou e não evitou o gol do Caracas.

O Melgar voltou do intervalo mais agressivo e levou algum perigo nos primeiros minutos da etapa complementar. Aos 9, o time peruano desperdiçou chance de empatar em cobrança de falta indireta dentro da área do Caracas, após recuo ao goleiro.

Como castigo, os mandantes ampliaram a vantagem logo em seguida. Aos 13 minutos, Ricardo Martins levantou na área, e Richard Celis, livre de marcação, dominou e bateu forte de esquerda, sem chances de defesa para Caceda.

Nos minutos finais, o Caracas perdeu fôlego ofensivo e não conseguiu mais ameaçar a meta peruana. E o Melgar se aproveitou disso para marcar o gol da classificação. Aos 44 minutos, após cruzamento na área, a bola sobrou para Cuesta, que girou e bateu de primeira, eliminando de forma amarga o time da casa.

O post Melgar avança mesmo com derrota e vai para o grupo do Palmeiras apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.

Fonte: Gazeta Esportiva