Henrique Dourado não faz previsão para estreia e diz ser um privilégio jogar pelo Palmeiras

O centroavante Henrique Dourado foi apresentado como reforço do Palmeiras nesta quinta-feira. O jogador chega por empréstimo de seis meses junto ao clube chinês Henan Jianye e não poderá atuar imediatamente, já que se recupera de uma grave lesão na tíbia sofrida no seu ex-time.

Na entrevista coletiva, o novo camisa 27 do Verdão afirmou que ainda está em fase de transição, na qual o atleta afirmou que ainda está em fase de transição e admitiu que lhe falta ritmo e trabalho com bola para voltar a jogar, não fazendo uma previsão para sua estreia.

“Como vocês sabem, estou há quatro meses e meio sem atuar. Me encontro em uma fase de transição, voltando a ter o contato com bola, adquirindo ritmo de jogo. O Palmeiras hoje tem um staff excelente, com grandes profissionais, que têm me orientado para que eu chegue na alta performance o mais rápido possível”, disse o atacante.

“Já estamos traçando um planejamento, treinando em dois períodos, buscando estar pronto o mais rápido possível. Está me faltando ritmo e trabalho com bola, mas o staff com certeza saberá o momento”, completou.

Henrique Dourado ainda precisa recuperar-se de lesão na tíbia (Foto: Cesar Greco/Palmeiras)

Henrique Dourado jogou no Palmeiras em 2014, tendo feito 18 gols na ocasião e terminado como vice-artilheiro do Campeonato Brasileiro daquele ano. Analisando a situação atual do clube, o atacante elogiou a melhora significativa das condições de trabalho desde sua primeira passagem, dizendo ser um motivo de orgulho atuar em um clube tão bem estruturado.

“Acho que passamos por um momento conturbado em 2014. Era um momento de reformulação que atravessamos, mas aquilo me trouxe maturidade. Eu vivi coisas importantes para minha experiência profissional. Chegar aqui e ver a estrutura que o Palmeiras se encontra, é um motivo de muita alegria para mim”, afirmou o jogador.

“Trabalhar com a estrutura do Palmeiras hoje é um privilégio. Costumo dizer que aonde o homem coloca ponto final, às vezes Deus coloca uma vírgula. Tenho muito tesão para ajudar meus companheiros e estar à disposição para ajudar meus companheiros”, adicionou.

No Palmeiras, Henrique Dourado passa a ser a quinta opção de centroavantes para Felipão. O jogador tem a concorrência de Deyverson, Borja e Arthur Cabral no Verdão. O último não conseguiu encontrar seu espaço no time desde que chegou no início do ano, já tendo recebido sondagens de outros clubes brasileiros.

Especial para a Gazeta Esportiva*

O post Henrique Dourado não faz previsão para estreia e diz ser um privilégio jogar pelo Palmeiras apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.

Fonte: Gazeta Esportiva